Marrakech - Blog Viaje Global

Marrakech

10 julho, 2015

Marrakech

Localizada aos pés da cordilheira do Alto Atlas, Marrakech é dividida entre a Medina, parte fortificada, e Ville Nouvelle (Cidade Nova, em francês), o bairro moderno. As distâncias religiosas e de costumes, sobretudo em tempos de conflito no Oriente Médio, exercem enorme fascínio e receio aos viajantes ocidentais que se aventuram nesse exótico mundo muçulmano.

Marrakech

Fundada no século 11, Marrakech teve tempos de apogeu, como a ocupação moura na Península Ibérica, alternados por guerras e invasões. Os tempos de glória muçulmana estão muito presentes nos jardins. Como o fascinante Jardim Majorelle, idealizado pelo pintor francês Jacques Majorelle, em 1924, é um oásis no Guéliz (o coração da Ville Nouvelle), um lugar de forças místicas e muitos encantos. A abundância de formas e espécies vegetais representa os cinco continentes. Coqueiros, bananeiras, buganvílias e uma imensa variedade de cactos compõem um raro exemplo de paisagismo. O bairro oferece outras atrações. Vale passear pela rue de la Liberté e tomar um café em estilo vintage no Kechmara. Na mesma rua, a loja Ben Rahal possui tapetes raros de origem certificada, e a L’Orientaliste é uma referência em décor marroquino e artesanato fino na região.

Marrakech

Em direção à Medina, avista-se a mesquita Koutoubia. A torre de 70 m em estilo mouro parece ser o mais belo mirante norte-africano, mas a entrada é aberta somente para muçulmanos. A próxima etapa é conhecer a alma da cultura e dos costumes árabes: Djemaa El Fna, uma das maiores praças do Marrocos, símbolo da excentricidade e do entretenimento local. Durante o dia, encantadores de serpente, contadores de histórias, curandeiros e músicos se misturam com turistas e marrakchis (nativos). Ao anoitecer, inúmeras barracas gastronômicas preparam atraentes especialidades, como se fossem um único restaurante a céu aberto.

As ruas que saem da praça levam diretamente ao Souk. O grande mercado de produtos artesanais é um aglomerado de pequenas lojas dispostas em um labirinto de vielas iluminadas por um teto de madeira vazado. Cores vibrantes, perfumes intensos, sabores excêntricos: uma aventura para os sentidos. Sobre a hospitalidade, estamos nas mãos de verdadeiros experts. Da acolhedora recepção com o chá marroquino ao petit-déjeunerpreparado artesanalmente, passando pelos mágicos tratamentos dos hammams, os riads(como são chamados os hotéis na Medina) são sinônimos de luxo.

Veja também

153060132
  • Mandarin Oriental Marrakech

    Espalhado por mais de 20 hectares em em ......

  • restaurante
  • Jad Mahal: o complexo de gastronomia e entretenimento de Marrakech

    O Jad Mahal é um complexo de entretenimento ......

  • Royal Mansour Marrakech

      Um guia turístico diz a respeito do ......

  • Hotel Amanjena

    O Hotel Amanjena, em Marrakech, é conhecido em árabe ......