Global Travel & Corporate

Bucareste

10 jun . 2015

Bucareste

Conhecida antigamente como a Pequena Paris do Leste Europeu, Bucareste mantém viva sua nada linear história em elementos da arquitetura e da própria estrutura da cidade. De maneira única, a metrópole mescla o classicismo europeu com a dureza do comunismo, com construções gigantescas, que vão de edifícios que são blocos de concreto a avenidas largas.

Bucareste

Ainda bem que parte desse esplendor sobreviveu, mesmo que hoje esses extensos e arborizados bulevares, prédios clássicos e prédios de escritórios extravagantes estejam lado a lado com construções no estilo socialista, prédios inacabados da era comunista e ruas congestionadas. Além disso, a arquitetura eclética da cidade traz também construções entre-guerras e elementos modernos. Apesar de muito ter se pedido nas guerras, terremotos e o projeto de redesenvolvimento levado a cabo pelo líder comunista Nicolae Ceausescu nos anos 80, a cidade tem vivido uma espécie de renascimento, decorrente de um crescimento econômico e cultural, depois da entrada da Romênia na União Europeia, em 2007.

A cidade que, reza a lenda, foi fundada no século 7 por um pastor chamado Bucur e, desde então, mantém o mesmo nome que recebeu nos tempos de Vlad, o Empalador, viveu de perto os momentos mais significativos da História contemporânea e é hoje um dos principais centros industriais da Europa Oriental. Em sua memória, guerras, lembranças de um passado comunista e da chamada revolução, de 1989, na qual derrubaram o regime que a fazia parte da União Soviética. De olho no futuro, Bucareste luta para ser destaque entre as capitais europeias, três anos depois de a Romênia ter aderido ao bloco europeu.

 

Para aproveitar o melhor da cidade, siga pelas ruas secundárias, onde estão escondidos os grandiosos prédios art nouveau estilo brancovenesco. Na Calea Victoriei, vários locais lembram as extravagâncias compartilhadas pela aristocracia: a Athenaeum romena, a casa de espetáculos neoclássica espetacular de Bucareste; o Museu Nacional de Arte (antigo Palácio Real); o palácio barroco Cantacuzino; o eclético Banco Romeno; e Villacrose e Macca, duas passagens de pedestres do século 19 cobertas com estrutura de ferro e vidro.

Outras peças importantes da arquitetura incluem a neoclássica Universidade de Bucareste, a Faculdade de Arquitetura estilo bracovenesco, o Arco do Triunfo (copiado de Paris), o Palácio Cotroceni do século 17 na porção oeste da cidade, e as igrejas ortodoxas espalhadas pela cidade. Não deixe de ver o imenso Palácio do Parlamento de Nicolae Ceausescu, perdendo em tamanho somente para o Pentágono; a leste está a versão realista-socialista do Champs Elysées, conhecido como Civic Centre.